Os 8 tipos de Profissionais que trabalham com Massagem.

Em 04/09/2018 , Comments

Depois de viver 5 meses na Ásia, passei por Singapura, Indonésia e Tailândia onde fiquei a maior parte do tempo, e ter recebido muitas massagens, conversar com amigos que também tiveram experiências diferentes recebendo massagem, eu vim com uma lista de tipos diferentes de massoterapeutas que você pode encontrar quando você for para a Ásia… (e sinceramente eu acredito que você também encontre no Brasil e qualquer outra parte do mundo).

Relacionei 8 tipos de pessoas que trabalham com Massagem: tem o tipo social, o tipo brutal, o máquina de massagem, caça marido, o último chapéu velho, o toque de ouro, o verdadeiro curador e o tipo rameira.

Dentro do meu curso eu ensino meus alunos a despertarem o tipo “toque de ouro” e o tipo “verdadeiro curador”. Para saber mais sobre os meus treinamentos de Massagem Avançado Clique Aqui!

Eu acho que você vai gostar dessa história...leia até o final para você ter clareza do perfil de profissionais que existe no mundo, assim quando alguém mal intencionado te procurar você já sabe se defender e argumentar sobre a seriedade do seu trabalho.

Posso contar com você para fazer da Massagem uma Profissão séria, valorizada por todos e que transforma o mundo?

Sim?! Maravilha...então vamos aos tipos e estilos que encontrei durante minha temporada na Ásia :)

 

1. O tipo social: este é o tipo de conversa. Ela vai perguntar imediatamente de onde você vem, quanto tempo vai ficar, onde está hospedado, enfim... Ela vai conversar com você durante a massagem e ela terá conversas animadas com seus colegas que estão atendendo outra pessoa ao lado, ou ainda que estão trabalhando na mesma sala.

Ela mantém seu celular ao lado dela e atenderá qualquer ligação. Ou ela vai parar a massagem até que ela termine de falar ou ela vai segurar o telefone com uma mão e massageá-lo com a mão livre. Ela não está realmente focada no que está fazendo e vê a cena da massagem como um encontro social perpétuo. Pode realmente incomodar alguém, mas há clientes que realmente apreciam esse clima de festa.

 

 

2. O tipo brutal : este é o tipo de terapeuta que adora cavar pessoas com cotovelos e joelhos. Ele ou ela trabalha rapidamente e sem qualquer sensibilidade ou sutileza.

O Thiago (meu marido) que o diga rs...uma vez ele foi fazer massagem nos pés e pernas porque estava fazendo treinos intensos de corrida e sentia muito cansaço muscular e dor por causa dos treinos, mas aí no final da massagem ele saiu com dor nos ombros de tanto que o terapeuta apertou e tão tenso que ele ficou.

Esse tipo é assim, você pode até pedir atenção extra a uma área específica do seu corpo, a “terapia” consistirá de um ataque implacável de cotovelo e pressão máxima até que você estremeça de dor . Se você reclamar do desconforto, o terapeuta dirá com autoridade que a dor é boa para você, ou ele simplesmente ignora o que você falou e continua com a tortura, foi o que aconteceu com o Thiago.

 

 

3. O máquina de massagem : Este é o terapeuta que aprendeu uma sequência específica de Massagem e faz a mesma sequência a todas as pessoas que têm o azar de passar por baixo dos seus polegares. É a massagem PQP (Protocolo Quadrado Padrão).

Todo mundo recebe exatamente a mesma sessão, e se você pedir um trabalho específico em uma determinada área do seu corpo, o terapeuta irá fazer qualquer manobra rapidamente no local desejado, e logo em seguida, retoma a rotina habitual sem considerar sua solicitação. A sessão será superficial e sem sentido.

4. O caça marido : Esta é uma mulher que vê seu trabalho de massagem como uma boa maneira de encontrar um namorado ocidental. Ela está convencida de que todos os ocidentais são ricos e que eles são o ingresso para uma vida de luxo em algumas terras onde as ruas são pavimentadas com ouro, onde ninguém tem que trabalhar e o governo distribui dinheiro a todos os cidadãos.

Ela perguntará muito rapidamente se você tem uma namorada. Se você disser não, ela dirá que está procurando por um namorado ocidental e que quer ir para a América.

Durante a viagem eu e o Thiago conhecemos muitas pessoas e pudemos observar esse tipo de relação entre terapeuta e cliente (normalmente homem solteiro). O Thiago, meu marido, não sofreu esse tipo de assédio, acredito que seja porque estávamos sempre juntos.

5. O último chapéu velho : Esta é uma mulher que é meia-idade e tem dificuldade em encontrar um emprego. Na Tailândia, as mulheres de trinta e poucos anos geralmente têm um desafio real em competir com mulheres mais jovens por empregos. A maioria dos empregadores vai para as meninas mais jovens.

A massagem é um dos poucos trabalhos que podem ser feitos por pessoas que não têm educação ou habilidades em outras áreas, e onde a idade não é um problema. Paga melhor do que os empregos básicos de baixa remuneração e oferece a oportunidade de conhecer um rico ocidental, (conheci mentes que pensam assim na Tailândia e na Indonésia, elas acham que todos os ocidentais são ricos).

6. O toque de ouro : Este é um terapeuta de massagem tailandesa que tem um toque maravilhoso que pode fazer você se sentir como se estivesse no céu. É alguém que tem mãos realmente sensíveis e pode sentir o que está acontecendo no corpo do cliente.

Isso tende a ser alguém que é um terapeuta qualificado que gosta de seu trabalho e tem uma boa reputação e tem muitos clientes que a procuram. Esses terapeutas são minoria e, depois de encontrar um, você tem um grande trunfo para aqueles momentos de dor que mais precisa.

7. O verdadeiro curador : Existem alguns terapeutas na Tailândia que obtêm resultados realmente surpreendentes com seu trabalho. Eles podem perceber e ler energia, e seu trabalho vai muito além de uma sessão de massagem.

Esses curandeiros são trabalhadores não somente do corpo mas também trabalhadores da energia, e são extremamente raros e difíceis de encontrar. Eles não anunciam e não trabalham na indústria do turismo. Muitas vezes são pessoas muito simples, sem educação formal, mas possuem um talento quase mágico.

8. O tipo rameira : Estas são mulheres que oferecem massagem com benefícios adicionais para pagamento extra. São elas que deram à Thai Massage sua reputação às vezes duvidosa. Elas podem ser terapeutas qualificados, mas também vendem outros serviços.

Muitas vezes você pode reconhecê-los nas principais áreas turísticas pelas roupas que usam, a maquiagem, as unhas pintadas e a atitude sedutora. Mas elas existem fora das áreas turísticas também.

É um fato da vida que a prostituição às vezes se sobrepõem, e não apenas na Tailândia, mas em todo o mundo. Mas isso não diminui o valor da massagem. Significa apenas que existem diferentes tipos de pessoas que fazem uso da mesma coisa de formas diferentes. Assim como a massagem é usada para curar, para relaxar, por outro lado há pessoas que usam para oportunidades sexuais.

Uma faca, por exemplo, pode ser usada para cortar alimento que vai nutrir uma família ou infelizmente tem pessoas que usam para assaltar e roubar. Isso não faz a faca boa ou ruim, mas reflete sobre quem a segura.

Massagem é uma arte maravilhosa, e minha esperança é que depois de ler este artigo você está agora melhor equipado para fazer uma escolha que é certo para você.

Então se você quer fazer a diferença trabalhando com Massagem, seriedade, amor e dedicação.  Eu te convido a conhecer meus treinamentos com Métodos que desenvolvi pensando em te inspirar a despertar o seu melhor Potencial dentro da Massoterapia. Clique Aqui!